ACONTECER SOLIDÁRIO

Este espaço no Enlaces tem o objetivo de dar destaque às manifestações de solidariedades inerentes às práticas destes grupos e de tantos outros que re-afirmam suas existências e resistências diante de contextos de desigualdades sociais. É uma forma de visibilizar práticas tão comuns na vida dos grupos de economia solidária e que muitos de nós desconhecemos. O Acontecer Solidário nos convida a conhecer mais sobre eles e contribuir na construção de relações sociais mais justas, solidárias e democráticas. 

ACONTECER CATAJAMPA

Curso de artesanato com escama de peixe 

Teresa Júlio, artesã da Associação dos Artesãos Farol de Cabedelo, esteve, entre os dias 08 a 12 de novembro deste ano, compartilhando saberes e aprendizagens sobre o beneficiamento de escamas de peixe para produção artesanal no município de Boqueirão - PB. O curso, com carga horária de 30 horas, contou com a participação de 19 artesãos, sendo 17 mulheres e 2 homens das Associações Crocheteiras do Marinho e MultiArtes. 

O município de Boqueirão, localizado na mesorregião da Borborema, possui o açude Epitácio Pessoa, responsável pelo abastecimento de água, como também criação de peixes e camarão. Assim, o curso vem a contribuir com a inserção dos resíduos da pesca, escamas de peixe, na produção artesanal e possibilitar mais alternativas no uso de matérias-primas locais pelos artesãos e artesãs.

Teresa foi convidada pelas Associações Crocheteiras do Marinho e MultiArtes, que em parceria com a Prefeitura do município conseguiu transporte, hospedagem e alimentação para que a artesã, que se disponibilizou de forma voluntária, realizasse o curso.

A atividade foi realizada sempre no período da tarde, com início às 13h30 e finalização por volta das 19h. Para Teresa, “a experiência foi muito gratificante, uma vez que foi inserida a utilização da escama do peixe da produção local, que se caracteriza pela criação de Tilápia, Carpa, Piau Preto, Piau Dourado, aliado às escamas de peixes oceânicos”.

Além dos conhecimentos técnicos pertinentes ao beneficiamento da escama do peixe, Teresa também deu destaque ao trabalho solidário e coletivo, na partilha do conhecimento, informações, experiências, compras coletivas, entre outros aspectos, que resultou na formação de um grupo no WhatsApp para viabilizar essas trocas entre os participantes. Uma outra experiência que está sendo vivenciada pelo grupo é o uso de plantas encontradas localmente, como arbustos Maria Preta e Alecrim do Campo, em substituição a materiais que teriam que ser comprados fora da região. 

Os artesãos e artesãs que participaram do curso mostraram-se bastante interessados e envolvidos com o processo de aprendizagem e, atualmente, já estão comercializando as peças produzidas. Nesse sentido, há expectativa de que haja outra oficina em fevereiro de 2022 com técnicas mais avançadas.

Teresa trabalha com escamas de peixes há cerca de 14 anos e junto com os demais integrantes da Associação dos Artesãos Farol de Cabedelo desenvolvem uma série de artigos, desde bijuterias a artigos de decoração, com matéria-prima adquirida dos pescadores artesanais locais, contribuindo assim também para a geração de renda desses trabalhadores. 

A prática de compartilhar saberes e experiências advindas do processo produtivo e de interação social é uma construção fundamental no fortalecimento do trabalho coletivo e inclusivo. Esse desenvolvimento proporciona novas aprendizagens, ampliando as possibilidades de criação, inovação e adaptação a outras realidades. 

A economia solidária enquanto movimento que busca um desenvolvimento social e econômico inclusivo e de superação das desigualdades sociais, ampara-se justamente no trabalho coletivo, na cooperação e solidariedade, não apenas no que diz respeito ao processo de produção, mas que se amplia para as relações entre os trabalhadores e trabalhadoras.

Distribuição de Alimentos: QUILOMBO SENHOR DO BONFIM

Acontecer solidário deve ser uma prática cotidiana!
O Quilombo Senhor do Bonfim produz hortaliças, frutas sem agrotóxicos e os comercializa em feiras agroecológicas e também por meio do delivery. 
Mas não esquece de compartilhar com outros companheiros e grupos o fruto do seu trabalho.
Dessa forma tem realizado doações de alimentos saudáveis para o grupo Mulheres de Mãos Dadas que se localiza no bairro São José e também tem realizado doações na comunidade São Rafael.
O Bonfim é um dos empreendimentos que compõem a Ecosol. Assim como o Mulheres de Mãos Dadas e o Banco Comunitário Jardim Botânico  (que fica na comunidade São Rafael e tem auxiliado na distribuição dos alimentos).
É assim que vamos construindo um mundo melhor, onde não é a competição que nos move e sim é a solidariedade.

acontecer S.03 .jpg

SOPÃO SOLIDÁRIO: ECOLANCHES

FEIRA AGROECOLÓGICA POPULAR: COMUNIDADE DE SÃO RAFAEL

Melhores condições de trabalho: Quilombo Senhor do Bonfim e Mulheres de Mãos Dadas

O Quilombo Senhor do Bonfim, como já compartilhamos aqui, produz e comercializa produtos agroecológicos (em feiras e entregas em domicílio). Além disso, o grupo também viabiliza a comercialização dos sabões artesanais do grupo Mulheres de Mãos Dadas e realiza doação de parte de seus alimentos saudáveis às mulheres.

Na interação cotidiana destes dois grupos surgem conhecimentos recíprocos, trocas de saberes e cooperação. Neste fazer e acontecer solidário, o Grupo Quilombo Senhor do Bonfim, ao conversarem sobre o trabalho do grupo Mulheres de Mãos Dadas tomaram conhecimento de uma dificuldade dessas mulheres em relação às embalagens dos sabões. Com o intuito de facilitar o trabalho do grupo, o Quilombo Senhor do Bonfim cedeu um suporte para embalagens de filme PVC para auxiliar a embalar os sabões artesanais.

A experiência da articulação entre os grupos fortalece os princípios da cooperação e da solidariedade basilares na Economia Solidária. 

Acontecer solidário 1.png